quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Do you know?



Sabe, eu me perguntava até que ponto você era aquilo que eu via em você ou apenas aquilo que eu queria ver em você, eu queria saber até que ponto você não era apenas uma projeção daquilo que eu sentia, e se era assim, até quando eu conseguiria ver em você todas essas coisas que me fascinavam e que no fundo, sempre no fundo, talvez nem fossem suas, mas minhas, e pensava que amar era só conseguir ver, e desamar era não mais conseguir ver, entende? (Caio Fernando Abreu)

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

My greatest love fiction.



Eu tenho uma porção de coisas pra te dizer, dessas coisas assim que não se dizem costumeiramente. Sabe? Dessas coisas tão difíceis de serem ditas que geralmente ficam caladas, porque nunca se sabe nem como serão ditas, nem como serão ouvidas. 




                                                                          - Caio F. Abreu

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

It you.



"Todas as poesias do mundo eu dedico a você.
Todas as coisas que eu amo eu divido com você.
Eu sei que a vida é louca e é difícil acreditar, mas o mundo é das pessoas que mandam em seus sentimentos, o mundo é das pessoas que sonham e meu sonho é você!"

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

For Fun















Good life.



"Então, de repente, sem pretender, respirou fundo e pensou que era bom viver. Mesmo que as partidas doessem, e que a cada dia fosse necessário adotar uma nova maneira de agir e de pensar, descobrindo-a inútil no dia seguinte - mesmo assim era bom viver. Não era fácil, nem agradável. Mas ainda assim era bom. Tinha quase certeza." 


                                                            Caio Fernando Abreu

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Just smile.



" A word is just a word. Until you mean what you say and love isn't love. Until you give it away
We all got to give, yeah! Something to give to make a change. Send it on, on and on. Just one hand can heal another. Be apart. Reach your heart just one spark starts a fire. With one little action. The chain reaction will never stop. Make us strong, shine a light and send it on..Just smile and the world will smile along with you!
That small acts of love. Then the one will become two if we take the chances. To change circumstances Imagine all that we could do, if we...There's power in all the choices we make, so I'm starting now not a moment to wait! "        



                                                                     Send it on

Signs


"Ouvir seu silêncio de mulher, ver os sinais que você dá.
Discretamente bate o pé, mexe os cabelos sem parar.
Pintou as unhas de café, vive olhando pro nada!"



                                             Sorriso Maroto.

terça-feira, 11 de outubro de 2011

If Not Now, When?



"Serei feliz quando eu tiver dezoito, sair de casa e comprar um carro.
Serei feliz quando aos trinta e poucos comprar a minha casa e a vida for mais clara.
Serei feliz quando um verso meu te fizer chorar e perder a fala.
Serei feliz quando eu abrir a porta e encontrar os meus problemas arrumando a mala.
Serei feliz quando o sol nascer. Serei feliz quando Deus quiser.
Serei feliz quando merecer mas escrevo pelos muros pra não me esquecer!"



                                                              Leoni.

Paperweight



"I want to make you laugh
Every word you say i think i should write down
Don't want to forget come daylight

Just happy to be here
I'm happy to know you
Play me a song, your newest one
Please leave your taste on my tongue
And no need to wonder what's been on my mind
And no need to worry that's wastin time, it's you."




                                                                   Schuyler Fisk e Joshua Radin 

One Tree Hill



- Jake:” Eu sei que poderia tê-la nos meus braços para sempre; ainda assim não seria suficiente “
- Peyton:” Alguém uma vez me disse. Toda canção tem um final Jake, mas não há qualquer razão para não aproveitar a musica! “

sábado, 8 de outubro de 2011

Steve Jobs





"Lembrar que eu estarei morto em breve é a ferramenta mais importante que eu encontrei para me ajudar a fazer grandes escolhas na vida. Porque quase tudo – todas as expectativas externas, todo o orgulho, todo o medo de se envergonhar ou de errar – isto tudo cai diante da face da morte, restando apenas o que realmente é importante. Lembrar que você vai morrer é a melhor maneira para evitar pensar que tem algo a perder. Você já está nu. Não há razão para não seguir o seu coração.” – Steve Jobs, em discurso durante formatura em Stanford, 2005.

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Fresno Rock



















After a while.


"Depois de um tempo você aprende a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma e você aprende que o amor não significa apoiar-se e que companhia nem sempre significa segurança.
E você começa a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas e você começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante com a graça de mulher, não a tristeza de uma criança e aprende
a construir todas as suas estradas no hoje porque o terreno do amanhã é
incerto demais para os planos e o futuro tem o costume de cair
em pleno voo.
Depois de um tempo você aprende  que até mesmo a luz do sol queima  se você a tiver demais, então plante seu próprio jardim e decore sua alma em vez de esperar que alguém lhe traga flores.
E aprende que realmente você pode suportar, realmente é forte, realmente tem valor e você aprende com cada adeus, você aprende ..." 

                            

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Need.




“Só eu sei que cheguei à humildade máxima que um ser humano pode atingir: confessar a outro ser humano que precisa dele para existir.”
Caio Fernando Abreu.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Albert Einstein.



"E nunca considerem seu estudo como uma obrigação, mas sim como uma oportunidade invejável de aprender, sobre a influência libertadora da beleza no domínio do espírito, para seu prazer pessoal e para o proveito da comunidade à qual pertencerá o seu trabalho futuro." Einstein.

If it happens, try to love me.




"Pode invadir ou chegar com delicadeza, mas não tão devagar que me faça dormir. Não grite comigo, tenho o péssimo hábito de revidar. Acordo pela manhã com ótimo humor mas ... permita que eu escove os dentes primeiro. Toque muito em mim, principalmente nos cabelos e minta sobre minha nocauteante beleza. Tenho vida própria, me faça sentir saudades, conte algumas coisas que me façam rir, mas não conte piadas e nem seja preconceituoso, não perca tempo, cultivando este tipo de herança de seus pais. Viaje antes de me conhecer, sofra antes de mim para reconhecer-me um porto, um albergue da juventude. Eu saio em conta, você não gastará muito comigo. Acredite nas verdades que digo e também nas mentiras, elas serão raras e sempre por uma boa causa. Respeite meu choro, me deixe sózinha, só volte quando eu chamar e, não me obedeça sempre que eu também gosto de ser contrariada. ( Então fique comigo quando eu chorar, combinado?). Seja mais forte que eu e menos altruísta! Não se vista tão bem... gosto de camisa para fora da calça, gosto de braços, gosto de pernas e muito de pescoço. Reverenciarei tudo em você que estiver a meu gosto: boca, cabelos, os pelos do peito e um joelho esfolado, você tem que se esfolar as vezes, mesmo na sua idade. Leia, escolha seus próprios livros, releia-os. Odeie a vida doméstica e os agitos noturnos. Seja um pouco caseiro e um pouco da vida, não de boate que isto é coisa de gente triste. Não seja escravo da televisão, nem xiita contra. Nem escravo meu, nem filho meu, nem meu pai. Escolha um papel para você que ainda não tenha sido preenchido e o invente muitas vezes.

Me enlouqueça uma vez por mês mas, me faça uma louca boa, uma louca que ache graça em tudo que rime com louca: loba, boba, rouca, boca ... Goste de música e de sexo. Goste de um esporte não muito banal. Não invente de querer muitos filhos, me carregar pra a missa, apresentar sua familia... isso a gente vê depois ... se calhar ... Deixa eu dirigir o seu carro, que você adora. Quero ver você nervoso, inquieto, olhe para outras mulheres, tenha amigos e digam muitas bobagens juntos. Não me conte seus segredos ... me faça massagem nas costas. Não fume, beba, chore, eleja algumas contravenções. Me rapte! Se nada disso funcionar ... experimente me amar!"



                      Martha Medeiros.