quinta-feira, 21 de abril de 2011

No more.


Eu te esperei, esperei muito, esperei você tomar coragem pra vir ser feliz. E é claro, não funcionou.
Então agora eu desisto, porque como ouvi num filme um dia desses : "Uma vez que uma idéia toma conta do cérebro, é quase impossível erradicá-la." Então vou desistir antes que essa idéia sem cabimento tome conta do meu cérebro e eu não possa mais nem ver você. Eu sempre estive atrás de você, e você nem se quer olhou pra lado pra ver se eu estava bem. Quando finalmente resolver olhar pra trás. Eu não vou mais estar lá. Você vai chorar. E quando olhar pra frente de novo. Vai ver que eu já estou deitada no horizonte, rindo de você.  Hoje, eu desisto de tudo que é relacionado a ti. Desisto mesmo. Lavo minhas mãos. Sofrer por essa insignificância não pertence mais a mim. Deixo esse cargo pra tu, no futuro.
E se achas que estou triste por isso.
Estais se enganando. Estou é mais do que feliz esperando esse futuro tão próximo chegar; estou até guardando minhas risadas.
A gente só sabe que se deixou ir longe demais, quando já estamos longe. Posso dizer, que hoje, eu me livrei de tudo o que me lembrava você.
É sério. Somos impossíveis.

2 comentários:

  1. esse cara da foto me lembra alguém ! HAUAHSAUAHSU cof cof

    ResponderExcluir
  2. Não me lembra ninguém .. LÇGLDSÇDLÇ

    ResponderExcluir