quinta-feira, 7 de abril de 2011

Caring





Tenho mania de me importar demais. Tudo o que já me fez rir, pra mim, é importante.
Não pense, que eu quero ou goste de ser assim. Eu simplesmente sou. E isso é ruim.
Por mais que eu cuide e me importe, algumas pessoas não ligam. Pra nada, aliás.
Eu queria parar de ser assim mas acho que não conseguir esta na meu sangue.
O meu outro 'eu' me acha um ser deplorável. Por isso eu finjo não me importar.
A verdade é que não paro de pensar no que pode acontecer. Nas conseqüências dos seus atos súbitos.
A verdade mesmo, é que eu me importo com você. (Mesmo não querendo.)  

Nenhum comentário:

Postar um comentário