domingo, 27 de março de 2011

You.







Em questão de segundos enquanto fecho os olhos, consigo me lembrar detalhadamente  do sorriso acolhedor.
E durante uma rápida viajem no tempo, eu vejo com clareza cada gesto, cada toque e gentileza.
Lembro da intimidade instantânea.
Do modo não-sóbrio de falar,cantar e se expressar.
O surto de reciprocidade entre nós.
Eu tenho sonhado acordada com isso tudo.
Tu guri.
É de tu que eu me lembro.
Tu.
É com tu que eu passei a sonhar.
É sobre tu que eu tenho compartilhado histórias.
Ou melhor, no singular, história. Onde eu te chamo de perfeito.
Afinal, porque demoraste tanto a aparecer?
E porque surgiu desta maneira ?
Qual é o motivo de eu me lembrar tanto dessas pequenitudes?
Será que é o mesmo motivo de sempre?
Tu.

2 comentários:

  1. aah qe lindo seu texto *-* parabéns rs te seguindo, se quiser voltar agradeço :] beijo!

    ResponderExcluir