domingo, 6 de março de 2011

Friendship.


Esse texto, mais do que nenhum..eu não posso começar como a maioria dos textos de amizade – ‘’...sabe aquele tipo de amizade?...’’- Não, vocês não sabem..porque com a máxima certeza  ninguém do mundo cultiva uma amizade como a que eu tenho..
A minha amizade com você ainda não há descrição exata do quão imensa e múltipla ela é.
A nossa ligação é tão forte, precisamos tanto um do outro como se tivéssemos nascidos grudados, qualquer passo que um irá dar, é preciso da consulta com o outro..O que reina perante a nossa afinidade é nossa sinceridade um com o outro...falamos o que queremos e o outro concorda plenamente.
Se algum dia você se jogar de um prédio, e cair de lá de cima. Eu irei correndo pra chegar lá em baixo e te segurar mas se eu ver que não vou chegar a tempo... Eu me jogo com você.
Não, não há explicação pra eu te considerar tanto, não há explicação pra você me chamar de seu anjo. Não há explicação pra essa falta que você faz nos meus dias. Não há explicação pra toda vez que a gente se vê corremos pra dar um abraço mais apertado que sua calça jeans (risos). Enfim, não há explicação pra essa nossa parceria, essa intimidade, essa raridade. Acho que não viveria perfeitamente em um mundo onde eu não existisse, pode falar, você não vive sem mim não é ?

Dedico a Frederico Ribeiro Ramalho. @Fred_simeao

2 comentários:

  1. Estranha sensação de já ter lido isso...oO

    ResponderExcluir
  2. Eu escrevi isso no seu notbook. Tá salvo nele, no word. rs

    ResponderExcluir