segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Some thousands of things!


Certas milhares de coisas me lembram você. E hoje foi o dia que resolvi não me lembrar de você, mas quando eu olhei pra outras pessoas, o único pensamento foi : nenhuma delas é você. Eu fico querendo não ter você dentro de mim, mas quando me olho no espelho é você quem eu vejo. Fico querendo não escutar algumas músicas, mas não adianta..porque a maioria me lembra você. Certas gírias me lembram você. Certos olhares e feições me lembram você.
Certos jeitos de andar e rir me lembram você. Certos lugares , onde vou freqüentemente, me lembram você. Certos vazios me lembram você. Certos silêncios, é o que mais me lembra você. E agora pouco percebi que nada que eu faça, nada que eu mude: músicas que parei de ouvir, gírias que parei de falar, lugares que parei de ir,jeitos de andar, rir e olhar que parei de apreciar. Nada disso irá mudar alguma coisa..porque a diferença é em mim e não no mundo ou em você. O problema é comigo. Porque a única coisa que eu posso fazer, é tirar você de mim, e dessa vez, pra sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário