sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Secret

Desde criança eu tenho problema,dificuldade em me enturmar, em "fazer amigos",nunca confiei em ninguém, eu sempre tive muitos colegas mas amigos tinha dois ou três. Eu achava um absurdo aguém contar para uma pessoa o que sentia,vivia ou pensava. Eu não gostava da idéia de ter que dividir meus pensamentos..não via motivos para isso, era somente eu e meu diário! Tudo o que eu sentia eu escrevia para somente eu ler,compatilhar comigo mesmo minhas emoções. Hoje em dia não mudou quase nada, só em relação a minha confiança, hoje eu confio mais nas pessas -esse é um problema que depois explico- hoje eu tenho amigos e divido segredos com eles. Mas continuo com a mania de escreverm-por exemplo agora- continuuo compratilhando meus medos, paixõaes,angústias e ressentimentos..enfim,os mais diversos sentimentos, com o papel -que sempre me acompanhou por sinal- acho que escrever me faz sentir a pessoa mais maravilhosa do mundo , eu escrevo por motivos..e eles são milhares, tem o motivo de sempre: desabafar. O motivo de compartilhar com alguém que não vai contestar  nem debater a minha opinião, eu escrevo cartas sem destino, que um dia vão chegar e melhorar a vida de alguém -sei disso- e digo que enquanto houver uma folha de papel e uma lápis , eu viverei em eterna paz!

Um comentário: